O Projeto

Res2ValHUM – Valorização de resíduos orgânicos: produção de substâncias húmicas

O projeto, liderado pela Universidade do Minho, foi um dos projetos aprovados na Primeira Call do Programa Interreg V-A Espanha – Portugal com um montante superior a 2,1 milhões de euros. Este projeto encontra-se inserido no Eixo 3 “Crescimento sustentável através da cooperação transfronteiriça para a prevenção de riscos e melhor gestão dos recursos naturais” e conta com a participação de parceiros da Galiza, nomeadamente, SOGAMA e CVAN e com a Universidade de Santiago de Compostela. Participam também as empresas do Norte de Portugal, Lipor e Braval e ainda o CVR.

Os objetivos gerais consistem na promoção da compostagem como instrumento de gestão de resíduos orgânicos, com a consequente redução da quantidade de resíduos depositados em aterro, e a valorização do composto produzido em aplicações de elevado valor acrescentado. Os fluxos de resíduos orgânicos produzidos na região do Norte de Portugal e Galiza serão caracterizados e o composto produzido será avaliado e otimizado quanto ao teor em substâncias húmicas, ao seu perfil químico e atividade biológica. Pretende-se deste modo aumentar a quantidade e qualidade do composto produzido, não só pelas instituições parceiras do projeto, mas também por outras entidades desta região. As substâncias húmicas têm capacidade de retenção de água, permuta iónica e fertilizante, tendo aplicação no tratamento de solos agrícolas para redução da sua degradação. Perspetiva-se ainda a sua possível utilização em produtos cosméticos, nutracêuticos, entre outros potenciando novas áreas de negócio e emprego.

       

      

 

2017 – Res2ValHUM – Valorização de Resíduos Orgânicos: Produção de Substâncias Húmicas
design & site: TECField